Você sabe o que é a Personalidade Congênita?

Atualizado: 28 de jan.

Personalidade Congênita – o que é isso?


Como isso interfere na minha vida, na minha realização profissional e pessoal, enfim, na minha felicidade?


Nossa personalidade é fruto das experiências que vivemos desde a nossa infância?


A hereditariedade tem alguma influência sobre ela?


Por que filhos de uma mesma família apresentam personalidades tão diferentes?


Até mesmo gêmeos univitelinos frequentemente desenvolvem personalidades bastante diversas.

Então, se indivíduos submetidos ao mesmo ambiente familiar e social, recebendo a mesma educação e herança genética podem ser tão diferentes, o que influencia na formação de nossa personalidade?


Vamos começar pela compreensão de que somos seres milenares, que já viveram muitas vidas e diferentes experiências em cada uma delas. Somo Espíritos vivendo experiências na matéria para nosso crescimento e aprendizado – um aprendizado que nos conduzirá ao mais alto grau de felicidade, compreensão, realização e plenitude.


Claro, para alcançar esse grau infinitamente elevado, é necessário que desenvolvamos ao infinito nossas capacidades - a mestria de nosso Ser Imortal.


Para isso, as experiências que vivemos na matéria são etapa fundamental. Não são o início nem o fim desse aprendizado. Como numa escola, são um ciclo que nos habilita a novos ciclos de conhecimentos cada vez mais amplos e, por conseguinte, de realização e felicidade cada vez mais amplas também.


Ao longo das muitas vidas que experimentamos na matéria, neste mundo de terceira dimensão, vamos desenvolvendo características que nos acompanham. As experiências que vivemos em cada encarnação vão acrescentando conhecimentos ao nosso Ser Imortal.


Essas experiências – dor e alegria, tristeza e felicidade, fartura e carestia, amor e solidão, sucesso e fracasso - vão moldando uma personalidade que mantemos conosco a cada nova vida. A esse conjunto de características que vamos desenvolvendo ao longo de nossas experiências, chamamos Personalidade Congênita.

Ela é o resultado de nossas vivências ao longo das muitas encarnações. Mesmo sem nos lembrarmos das experiências passadas em outras vidas, trazemos conosco tendências, comportamentos que se repetem, características individuais do nosso modo de agir e de reagir.


Trazemos em nossos corpos emocional e mental a forma de pensar, de sentir, de nos expressar. Não formamos uma nova personalidade em cada encarnação, revelamos as tendências desenvolvidas ao longo de nossas vidas anteriores.


Cada um de nós, ao passar pelas situações da vida atual vai reagir a seu modo, de acordo com as características que desenvolveu ao longo de suas experiências encarnatórias. Assim observamos, desde a vida intra-uterina e infância, crianças calmas e outras agitadas, umas organizadas outras bagunceiras, autoritárias ou submissas, altruístas ou egoístas, medrosas ou corajosas, calmas ou agitadas, e assim por diante.


As tendências negativas em nosso comportamento revelam o que viemos melhorar em nossa encarnação. A maneira como reagimos ao enfrentar as situações da vida atual podem atenuar ou reforçar essas tendências.


Essas características de personalidade que trazemos em nossos corpos emocional e mental revelam a nosssa Personalidade Congênita e aí encontramos a nossa proposta de Reforma Íntima.


Quer saber como identificar a sua Personalidade Congênita, realizar a sua Reforma Íntima e melhor aproveitar esta encarnação? Conheça a Psicoterapia Reencarnacionista!


Entre em contato com nossa equipe e marque já um encontro para esclarecer as suas dúvidas e começar a escrever o melhor capítulo da sua vida!


#psicoterapiareencarnacionista #abpr #terpiasintegrativas #reformaintima #suamelhorversao #espiritismo #reencarnação #vidaspassadas #regressão #terapia

7 visualizações0 comentário